domingo, 12 de dezembro de 2010

ORAR E JEJUAR

Orar e Jejuar: a hora é agora!

 Os fariseus eram notórios pelo modo como tratavam os aspectos devocionais da Lei, especialmente o que dizia respeito às orações e jejuns. 

Tudo era feito com pompa, para que todos pudessem ver e aplaudir.

 Eles, inclusive, reclamaram publicamente que os discípulos de Jesus não jejuavam.

 Era uma dura crítica, cujo cerne não somente desafiava o Mestre, mas também colocava em dúvida a seriedade de Seu ministério e o treinamento daqueles homens rudes que com Ele andavam.

Jesus, o bom Mestre, responde com outra pergunta e acrescenta uma afirmação: “Podem, acaso, estar tristes os convidados para o casamento, enquanto o noivo está com eles? Dias virão, contudo, em que lhes será tirado o noivo, e nesses dias hão de jejuar” (Mt 9.15).

A pergunta sugere que nem todo tempo é tempo de jejuar.

 Não é prática jejuar em tempos de alegria e de bonança. A afirmação de Jesus, por outro lado, traduz o desafio de que o jejum, quando necessário, deve ser levado a sério, jamais deve ser ignorado ou objeto de descuido.

É bom lembrar que oração e jejum são práticas espirituais que andam juntas. 

No ministério de Jesus, eram tão intrinsecamente ligadas que ensejariam, no mínimo, uma questão: Se Jesus, o Filho de Deus, orava e jejuava, então que atenção devemos dar a essas práticas?

Antes de começar o Seu ministério, Jesus foi “levado pelo Espírito ao deserto para ser tentado pelo Diabo” (Mt 4.1-11). 

Em razão dessa batalha, Ele passou quarenta dias em oração e jejum. 

Outros servos de Deus, em meio a grandes lutas, também se detiveram nessas práticas sacrificiais em busca de vitória (Moisés: Ex 34.28; Davi: 2 Sm 12.16).

A ação de orar e jejuar demonstra zelo diante de Deus, em detrimento de todas as outras coisas, 

assim como ajuda a obter vitória contra a tentação, auxilia a obter poder sobre os demônios, 

desenvolve a fé, mortifica a incredulidade e ajuda na perseverança (Mt 17.14-21).

O sábio Salomão escreveu que há “tempo para todo propósito debaixo do céu: tempo de nascer e tempo de morrer... tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear e tempo de saltar de alegria... tempo de estar calado e tempo de falar”, entre outros (Ec 3.1-8).

 Mas nada disse quanto ao tempo de orar.Qual a razão? O apóstolo Paulo ensina: “Orando em todo o tempo”; e também: “Orai sem cessar”. Jesus contou uma parábola sobre “o dever de orar sempre e nunca esmorecer”.Ou  

seja, devemos orar em todo o tempo disponível, pois todo tempo é tempo de orar.

Oração é o que se pode chamar de ministério de todos os santos: crianças, adolescentes, jovens, senhores e senhoras, todos são chamados a orar sempre até que a vitória se estabeleça. 

Jejum é abstenção de alimento, mas o sentido espiritual é afligir e humilhar a alma diante de Deus (Sl 35.13), crucificar os apetites carnais, evidenciar o controle sobre seus desejos, a fim de dedicar-se integralmente a Deus.

Devemos orar e jejuar para estarmos aptos a fazer a vontade de Deus, não para Deus fazer a nossa vontade. Se Deus não quiser, não há oração e jejum que possam movê-lo. Essa é uma verdade central da soberania de Deus sobre a vida e a História.

Se há quem pense poder manipular Deus ao orar ou barganhar com Deus em jejuar, este ainda não aprendeu como convém orar e jejuar.

Orar é mais do que apresentar uma lista de pedidos; é a síntese de um relacionamento efetivo que desemboca em se interessar pelo que Deus se interessa. Por isso oramos: “Faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu”.

Jejuar é mais do que deixar de comer, pois o que faz o jejum agradável a Deus é o nosso despojamento pessoal, é lutar contra as injustiças, libertar os cativos e ajudar ao pobre e necessitado (Is 58.6-10).

Desse modo, sabendo que o “Noivo” se foi, mas está para retornar, se quisermos ser igualmente vitoriosos, agora precisamos orar e jejuar.

Isso não é uma opção, é uma necessidade.Humilhemo-nos diante de Deus, oremos e jejuemos pelo Brasil, pela integridade das famílias, pela honestidade dos governantes, para que a luz da Palavra rompa como a alva em nossa nação, para que haja cura aos doentes e justiça para todos, para que a glória do Senhor seja a nossa retaguarda. Amém!


sábado, 4 de setembro de 2010

DEUS TRABALHA DIFERENTE DO HOMEM


                                                                                                                      AS PESSOAS LUTAM PARA BUSCAR EM NOSSA APARÊNCIA ALGO PARA DEFINIR O QUE SOMOS.
UNS ACHAM QUE SOMOS OS MELHORES.
OUTROS ACHAM QUE SOMOS DE 1 À 10 APENAS 5.
HÁ AQUELES QUE DIZEM , ISSO NÃO SERVE PRA NADA.
ENTÃO DEUS ENTRA OLHA, VÊ NOSSA FRAGILIDADE, CARÊNCIA E DEPENDÊNCIA TOTAL "DELE" E DIZ:
ESSE VOU USAR NA TERRA, ESSE É O MEU UNGIDO.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

BISPO CELSO MOURA ME MANDOU






Quando Deus te prometer algo, evite contar para as pessoas, porque quando o inimigo toma conhecimento do que Deus tem pra você, ele fará de tudo para impedir e roubar a sua bênção. Procure contar somente depois que a bênção for realizada, para testemunhar do poder de Deus. Muitas pessoas te invejam e querem tomar o seu lugar. Ter o que você tem: a sua vida, o seu ministério, o seu trabalho, a sua familia, enfim, quer ser você, e aí nasce a inveja e o ciúme, sentimentos que não vão impedir de Deus operar naquilo que Ele te prometeu, mas que vai atrasar a sua bênção.
Lembre-se de José, que ao contar para os seus irmãos, os sonhos que Deus tinha pra vida dele, os irmãos com inveja, o lançaram em uma cova, e depois o venderam por 20 moedas de prata para mercadores que o levaram para o Egito. (Gn 37.5-28) O que Deus te prometeu, Ele cumprirá, mas, não conte os seus sonhos para as pessoas, porque elas podem roubá-los. Amém vc é muito espeçial a DEUS ele tem um plano maravilhoso na tua vd


Fique na paz.
19:03

domingo, 29 de agosto de 2010

CONTINUE SONHANDO

É EM MEIO AS LUTAS VC SE CANSOU DE CAMINHAR
É O TEMPO PASSA NADA ACONTECE PRA TE MOTIVAR
TANTAS PROMESSAS DE DEUS EM SUA AGENDA ANOTOU
ATÉ MESMO TEU PRÓPRIO IRMÃO TE HUMILHOU
DIZENDO QUE VC É APENAS SONHADOR

MAS HOJE DEUS ME MANDOU AQUI
PARA AS PROMESSAS EM SUA VIDA RENOVAR
NÃO TENHA MEDO CONTINUE A SONHAR
POIS VC É UM PROJETO QUE DEUS VAI INVESTIR
MESMO QUEM NÃO ACREDITOU VAI ENTENDER
QUE DEUS TE CHAMOU E TE PROVOU
PRA TI FAZER MAIS QUE VENCEDOR

NÃO DEVES MAIS CHORAR POIS DEUS É CONTIGO
CADA LÁGRIMA QUE DERRAMOU O ANJO RECOLHEU
SENTIU A DOR NA ALMA A AFLIÇÃO NO CORAÇÃO
CHEGA DE SOFRER MEU IRMÃO

sábado, 21 de agosto de 2010

Monte MoriáPDFImprimirE-mail

 (3 Votes)
Sex, 13 de Fevereiro de 2009 18:48
Monte Moriá é a designação dada a uma colina rochosa onde o Rei Salomão construiu o templo para Deus. Foi o seu pai, o Rei David, que adquiriu o terreno do jebuseu Araúna para erigir ali um altar segundo: 2Samuel 24:16-25; 1Crónicas 21:15-28; 2Crónicas 3:1.
A antiga tradição judaica associa o lugar onde o Templo de Salomão se erguia com o monte na "terra de Moriá", onde Abraão, às ordens de Deus,ofereceu o seu filho. (Génesis 22:11,12; ). Foi para a "terra de Moriá" que Abraão viajou e, no terceiro dia, ele viu à distância o lugar indicado por Deus (Génesis 21:33, 34; 22:4, 19).
Parece evidente que o monte Moriá não era habitado no tempo de Abraão, sendo portanto um local isolado e adequado para a realização do sacrifício. Salém, o povoado que mais tarde deu origem à capital do Reino de Israel, Jerusalém, deveria situar-se a alguma distância daquele local. Que o lugar ainda se encontrava isolado séculos depois pode ser deduzido do facto de ali existir uma eira, nos dias de Davi, não se mencionando qualquer construção naquele local (2Crónicas 3:1)
Localizado a Leste de Sião,tem uma altura média de 800 metros ao nível do Mediterrâneo.De forma alongada,sua parte mais baixa era conhecida como Ofel.No tempo de Abraão, Moriá não designava propriamente um monte, mas uma região.
Atualmente, o santuário islâmico conhecido como Domo do Rocha ou Cúpula da Rocha fica no alto do monte Moriá.Mesquita de Omar.
Por que este Monte se chama Moriá?A palavra vem de " Mora",que,em hebraico, significa temor.Desta montanha o temor de Deus pecorreu a terra toda.
Hoje Moriá poderia ser chamado"Montanha das lágrimas".Do templo, restou apenas uma muralha na qual judeus de todo o mundo choram seu exílio e suas amarguras. O Muro das lamentações é o último resquício da glória passada de Israel.
LAST_UPDATED2
 

terça-feira, 10 de agosto de 2010

A VONTADE DE ESTAR JUNTO, PODE ATRAPALHAR NA HORA DE EXPOR A VERDADE, POIS O MEDO DE PERDER A AMIZADE, ÀS VEZES SUFOCA. MAS SEMPRE O MELHOR É FALAR A VERDADE.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

ANO NOVO, CHEGA COM MUITA ESPERANÇA,
SONHOS QUE SE RENOVAM,
PROMESSAS QUE SÃO FEITAS,
FAMÍLIAS QUE SE REUNEM,
HÁ PESSOAS QUE SE PERDOAM,
HÁ OUTRAS QUE COMETEM LOUCURAS.